02/02/2016

Entendimento.

Construções mentais de apego 
causam sofrimentos, nem todos os 
acontecimentos nos causam dores,
mas somos nós mesmos 
que validamos por valorizarmos tanto
o que está fora do nosso domínio.
As bizarrices que não aceitamos
ficam em nossa mente ensimesmando,
isso tudo energeticamente  é queima 
inútil de neurônios!
Experiência de viver nos dá bom parecer,
pois do contrário morremos 
aos poucos, percebo e me ligo no meu tempo.
Sem saudosismo e sem apego,
reconectando ao mundo novo ou velho mundo.
Experimento a cada dia a despreocupação
que essa só nos toma o que temos de bom,
 nossa hora agora,
tempo que, se não o vemos, o sentimos 
e percebemos, passa tão rapidamente
que quando queremos acordar
dessa letargia aí quem sabe
nem dá mais!
Amo poder entender
que a Vida, essa com "V"
é minha e é pra valer!

Ivone.





14 comentários:

  1. Que bom! Viver olhando sempre pra frente. Fazer sua trilha numa linha reta.
    Gostei!

    ResponderExcluir
  2. Boas colocações! Desapegar e tentar nos afastara das preocupações ,por vezes desnecessárias, é preciso! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Excelente post!

    Beijos e um dia feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Ivone, o passado apenas nos seve de recordação e para comparação, sobre o bom que novos tempos nos trouxeram. Das coisas menos boas havemos sempre de as banir do nosso historial, tanto do passado como do presente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Fiquei "brincando com as letras de seu nome e formei: "inove" do verbo "inovar"...Gostei dessa conclusão, pois é isso o que você tão bem faz da sua vida e nos deixa como preciosos legado, Ivone! Obrigada!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Ivone, parece que não o fiz, mas devo esclarecer que por sete anos, perdi a faculdade do sorriso. Imaginas o que isso representou, para que é de natureza sorridente?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino sim meu amigo querido, sei bem como é perder o sorriso por dores que a vida nos impõe algumas vezes,mas tudo passou e agora podes sorrir que sei, vencestes né meu amigo?
      Amo ler seus escritos e te receber aqui com toda a minha amizade!
      Abraços bem apertados!

      Excluir
  7. Querida amiga Ivone, estive afastado da blogsfera desde a última sexta-feira em virtude da ausência de sinal da internet, consequência do mega temporal ocorrido aqui em Porto Alegre.
    Sobre este post, concordo contigo, aliás acho que concordo sempre, pois seria difícil não concordar com o bom senso, entretanto, sei que nem todos conseguem fugir das preocupações diárias, mas por outro lado, alguns exageram e maximizam pequenos problemas e acabam ficando doentes. Daí que realmente, a disciplina mental é necessária e fundamental para viver a vida com V.
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas, sei que terás, um lindo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Dilmar, imaginei isso mesmo, nossa, o temporal fez grande estrago em Porto Alegre, lamentável!
      Ainda bem que estás bem, que voltou à blogosfera, senti sua falta tanto quanto sinto de todos os meus amigos que por aqui me dão o prazer das visitas e amáveis comentários, assim como você, especialmente você que tem certeza de que sempre tenho meus lindos dias!
      Abraços meu amigo querido!

      Excluir
  8. Bom dia, querida Ivone, gosto de vir aqui, pois sempre aprendo com suas escritas. Realmente, quem vive desapegado dos bens materiais , vive em paz, sei disso, pois já mudei muito, porém preciso caminhar muito ainda, para esta evolução e viver melhor. Viver com V. Beijo grande, amiga querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga Marli, a única forma de se viver bem a cada dia é assim, sem apegos, tantos os materiais quanto aos afetivos, sim, os afetivos também precisam ser aos poucos sendo desapegados, pois quando daqui "partirmos" iremos sós bem do jeito que viemos, aqui se "reencontram amigos" e "lá" também é assim!
      Abraços apertados!

      Excluir
  9. Desapegar é crescer....
    Bjbj Lisette.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Lisette, é isso mesmo, viver, amar, sentir, mas não se apegar a nada, pois tudo é tão fugaz!
      Abraços linda amiga!

      Excluir

Meus amigos e visitantes, obrigada pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler, visitarei a cada um em forma de retribuição pela amizade que pra mim é fundamental, beijos e abraços apertados!

Ivone H Sato