18/01/2016

Busca.

Complexidade da Vida tira a capacidade de observar
a nossa Entidade Verdadeira entre o Céu e a Terra.
Compreender e aceitar que o que importa é viver,
estar aqui e sentir o que se é e não o que se deveria ser.
Crer, tudo o que percebemos nos induz a pensar e a crer,
eu não sou muito crente, leio e escrevo aqui o que 
 acho interessante, assim induzo a reflexão.
Nada de meias verdades, preciso da verdade inteira, 
assim vivo de experiências em experiências,
sentimentos que me dão dor os rejeito,
os que me alegram aceito.
Culpas? Não as tenho, faço tudo o que meu coração manda 
e ele está em paz com o passado, com o presente e com o futuro
que ainda não o tenho!
Minhas sensações íntimas, minhas motivações, 
meus impulsos e minhas emoções são os que
me dão a direção, são fiéis e refletem 
com sinceridade o que sou!
Aceito a minha complexidade, 
entendo que há forças opostas se digladiando o tempo todo
em mim e não será me apegando exclusivamente 
a uma delas e reprimindo a outra 
que conseguirei ser uma entidade verdadeira e plena.
Busco o que todo mundo busca, 
o encontro comigo mesma, sempre!

Ivone







23 comentários:

  1. Maravilhoso texto, para reflectir.

    Beijo e uma excelente semana

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Mesmo com essas forças dentro de nós "brigando" uma com a outra, tudo acaba pelo melhor jeito: o nosso!


    Bom voltar! Tudo bem aqui, muito feliz! bjs, chica e linda semana!

    ResponderExcluir
  3. Ivone!!!
    Que saudade estava deste seu cantinho!!!
    Depois de tanto tempo longe, voltando te encontro com a mesma alegria e disposição!
    Gostoso demais!!!!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ritinha, que prazer ter você de volta, seja bem vinda!
      Abraços apertados!

      Excluir
  4. Cara amiga Ivone, a isso eu chamo, viver com sabedoria!
    Um abração. Tenhas, sei que terás, uma linda semana.

    ResponderExcluir
  5. Querida Ivone, obrigada pelas visitas frequentes ao meu blog, me fazem bem, eu estou muito devagar, tenho que encontrar um meio de acelerar meu metabolismo.Seu poema nos mostra a realidade, o mundo, no qual, estamos inseridos para viver, está a cada dia aumentando, a complexidade,e com isso, nos levando a ter maior consciência do que devemos ou não fazer, rejeitar , expulsar do nosso lado tudo o que nos faz mal, e ficarmos com o lado bom, mas para isso, devemos entender o que está em nosso coração. Lindo ! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Querida Ivone, será sempre o otimismo a mola real para encarar as coisas boas da vida, passando por cima das más. No fundo, é o podemos deduzir do belo poema.
    Todos os teus, têm a componente de um visão bela da vida. As tristezas nunca deram algo a alguém.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Somos iguaizinhos em quase tudo aí, menos na parte da culpa. Eu pensei que nunca diria estar arrependido de algo, mas hoje digo que sim, embora eu tenha feito de boa intenção.Beijossss

    ResponderExcluir
  8. Gostei imensamente dessa declaração:

    "Culpas? Não as tenho, faço tudo o que meu coração manda
    e ele está em paz com o passado, com o presente e com o futuro
    que ainda não o tenho!"

    É uma das melhores coisas da vida, acredite!

    Abraços, moça!

    ResponderExcluir
  9. A procura do "Eu", o importante é termos a consciência que em tudo damos o nosso melhor.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  10. Se dessemos mais importância as intuições e sensações com certeza seríamos muito mais felizes, mas as vezes estamos tão desatentos.
    Grande texto reflexivo querida Ivone, amo ler você, beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  11. Que ótimo texto, querida Ivone. O melhor da vida é viver sem conflitos internos, o resto não tem tanta importância. O que nos machuca, são as culpas e manobras que muitas vezes somos submetidos pelo inconsciente - não notamos, mas ele trabalha quieto. Quer minar. Traz o que existe fora de nós para dentro. Mas sabendo de tais manobras normais da vida, dá para encarar e marchar no compasso certo. Quanto mais simples são as coisas, a vida e os nossos relacionamentos, melhor, menos bagunça. Mais paz.
    Grande beijo, querida.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia Ivone.
    Devemos sempre manter os pensamentos que nos elevam e os ruins mandar embora. Quanto a culpa, raras pessoas passam pela vida sem ter errado de alguma forma.Sentir culpa é um ato de arrependimentos, mas mantém se sentindo culpando é um atraso de vida, devemos perdoar a todos, principalmente a nos mesmos. Também sou igual a voce nesse sentindo, não me sinto culpada de nada. Porque quando faço algum errando, peço desculpas e tento reparar as minhas falhas.Uma linda semana. Eu te admiro, a sua forma de viver me encanta. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Mirtes, já errei e erro, não sou imune a isso, mas acontece que meus erros ferem só a mim mesma, no caso as culpas não existem, só preciso perdoar-me e isso o faço, pois quando erro não é por querer é por força das circunstâncias.
      O que aprendi ao longo de minha vida e isso foi o meu pai que me ensinou, pois minha mãe era tão de coração mole que dizia sim para tudo e morreu com doença do coração.
      Aprendi a dizer não e digo toda vez que for preciso, as pessoas ficam meio chateadas por algum tempo, mas depois entendem e me dão razão, pois o pior de tudo na vida é estar sofrendo demais pelos outros, isso não é racional em ninguém!
      Abraços linda amiga, que bom que estás de bem com a vida também!

      Excluir
  13. Devemos sempre seguir nossa intuição e coração.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  14. Oi Ivone,
    Eu sempre fui uma pessoas alegre, deixo a vida me levar, apesar de aposentada, estou sempre lendo,pois meu corpo pode adoecer, mas minha mente não.
    Já estou quase boa, minhas pernas embaixo,outrora inchadas já estão lindas e eu feliz.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom amiga, fico feliz em saber, logo estará totalmente curada, vai imaginado isso, pois a mente tem poderes incríveis!
      Abraços apertados!

      Excluir
  15. Olá!
    Muito bom esses texto!
    Sempre olho a vida com pensamentos positivos, mesmo os momentos ruim fazem parte de um aprendizado para nossa vida!
    Abraços

    Femme Digital

    ResponderExcluir
  16. Um belo texto que dá para reflectir.
    Gostei.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  17. Amiga os seus texto mim deixa sem palavra amo
    Meu canal: https://www.youtube.com/watch?v=WflDsh0kjCo
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Ivone,
    Obrigada pelo carinho.
    Dê um pulinho até o Google e clica Contar e Administrar, lá irá conhecer meu filho do coração, o blog está desatualizado.
    Depois me fala pelo formulário de contato.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  19. Ivone, princesa, tudo de bom? Muito grato estou por sua reflexão em meu blog! Eu sei que nem todos são vítimas de religiões que enlaçam outros com o uso de artifícios nada ético; não tive a sorte de escapar a engôdos dessa natureza, mas estou aprendendo dos meus erros. Já não acredito que religião A ou B seja caminho único para a salvação (segundo o conceito cristão); de fato, nem sei dizer se agorinha mesmo estou em busca de salvação, mas te digo que - paradoxalmente - estou melhor a cada dia, o que me faz pensar de preciso mesmo considerar a "salvação cristã" como um objetivo de vida.

    E é isso aí; se existe felicidade plena, eu ainda não a encontrei, nem dentro de mim, nem em outra parte. Mas estou bem.

    Abraços, moça! Tudo de bom pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Lourisvaldo, sei bem como é isso, não por minha experiência, mas por experiências de pessoas que seguem cegamente uma religião e assim não querem nem pensar que Deus é único, Ele nos criou independente de sermos ou não religiosos.
      A consciência é que manda, sempre temos noção do que fazemos e se é certo ou errado, acho que há uma luz em cada um de nós que nos mostra caminhos, só isso!
      Desejo que sejas feliz, pois acredito que foi para isso que fomos criados, para sermos felizes!
      Tenho dons mediúnicos que não escolhi, já fui discriminada por isso, portanto não vou e não sigo nenhuma religião e sou muito feliz com meus dons, nem espiritismo eu sigo, sou eu, com Deus e amigos espirituais que me dão intuição, acho isso muito bom, bom pra mim, bom pra todos os que me cercam!
      Abraços apertados!

      Excluir

Meus amigos e visitantes, obrigada pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler, visitarei a cada um em forma de retribuição pela amizade que pra mim é fundamental, beijos e abraços apertados!

Ivone H Sato