04/12/2012

SONETO DO PAPAI NOEL

Natal é sempre um dia de 
Lembranças de nossas infâncias
Em esperanças ansiosas
Pelo papai Noel!

Quando se é pequeno não há outro
Jeito de comemorar o Natal senão,
Pela espera de brinquedo no
Sapatinho na janela!

Grande e ansiosa espera!
Será que virá?! Ou não?!
Meu Deus quanta ansiedade?!

Correndo levanta a criança
De sua caminha e vai, vai...
Anti-pé... Será... Meu Deus... .............................................?!

Ivone

18 comentários:

  1. ... então, Ivone... sabemos nós que em muitos sapatinhos... nada aparece... muitas vezes nem mesmo o sapatinho!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Célia querida, muitas vezes nem o sapatinho!
      Minha doce amiga, choro no Natal, pois me lembro desses pequenos, nem todos, nem todos podem ter o sonho de poder ter um presentinho ganhado do "bom velhinho"!!!
      Beijos amiga!

      Excluir
  2. Belos e doces momentos, amiga Ivone. Um abraço. Tenhas um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  3. Ol´´a Olá Ivone.

    Pena que a poesia do natal não chegue a todos os lares e que Papai Noel não visite todos os corações infantis. Mas vamos confiar, esperar por tempos melhores e mais justos para todos.

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Antonio, poeta sensível, vamos sim esperar, pois é a esperança é mesmo a única que ficou na caixa de Pandora!

      Excluir
  4. Olá querida Ivone,

    Sem dúvida alguma o natal é a época do ano que mais gosto, lendo seu texto me lembrei dos anos em que ansiosa esperava o papai noel, cheguei a deixar a janela aberta com um sapatinho, estou esperando por ele até hoje...rsrsrsrs

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda amiga, dependendo do pedido ficamos mesmo esperando por toda a vida né mesmo?
      Grande abraço!

      Excluir
  5. Estas são ótimas recordações da minha infância também. Mas devo confessar, que até hoje uma sensação que não sei explicar fica balançando e aguçando aqui o meu coração. E o que será...............................Meu Deus, o que será?
    Adorei Ivone.Encantei-me
    bjs.

    ResponderExcluir
  6. Que linda você é amiga Lourdinha!
    Lembranças lindas de infancia né mesmo?
    Abraços querida!

    ResponderExcluir
  7. Querida Amiga.
    Fiquei feliz em ver sua visita no meu blog,
    e chegando aqui deparo com tão lindo poema natalino.
    No decorrer de dois anos no blog ,A Viagem.
    Foi postado somente poema ou textos de amigas e (os)
    por favor me de a honra de postar seu poema de Natal.
    Caso quiser enviar pelo meu email.
    evanir_garcia@hotmail.com
    Amada aguardo sua resposta obrigada por fazer parte da minha vida,Evanir.

    ResponderExcluir
  8. Amiga, se gostas desse poema pode sim postar, fique à vontade! Agradeço pelo carinho, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá querida !!!!!
    Boa noite minha amada !!!!
    Tanto prazer como satisfação está no teu cantinho que já inspira Natal...quanta sensibilidade expressas com precisão neste poema tão tocante...
    bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga Severa pelo carinho, grande abraço amiga!

      Excluir
  10. Obrigada por sua presença e gentil comentário.
    Veio do blog da Rosa, então lhe agradeço, de coração.

    Seu poema é tão delicioso! Nos faz voltar aos tempos de criança.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luz, gostei da amizade entre você e a Rosa, lindo isso!
      Beijos!

      Excluir
  11. Bom dia ,Ivone!
    Amiga querida,tem um convite para ti em meu blog.
    Abraços
    Sinval
    (com direito a acompanhante)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou lá conferir, obrigada amigo querido!
      Abraços!

      Excluir

Meus amigos e visitantes, obrigada pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler, visitarei a cada um em forma de retribuição pela amizade que pra mim é fundamental, beijos e abraços apertados!

Ivone H Sato