10/05/2012

VIDA SUBJETIVA!

SIM, A MIM PARECE QUE FOI EM OUTRA VIDA, O MEU TEMPO
DE INFANCIA E HOJE, QUANTA MUDANÇA DE VALORES!
ESTAMOS VIVENDO UMA ÉPOCA FORA DE ÉPOCA?!
EM PLENO SEC XXI  E AINDA HÁ  O ATRASO DA HUMANIDADE
EM RELAÇÃO AO SUBJETIVO!
SUBJETIVO É RELATIVO AO INDIVIDUAL, AO SUJEITO!
SUJEITO ESSE QUE EM TEMPOS COMO ESSE

AINDA ESTÁ SUJEITO A TUDO, MENOS SUJEITO
A DAR UM JEITO EM SI MESMO!
SE CADA SUJEITO DESSE CONTA DE SI E DE SEUS DEVERES,
COMO SERIA BOM, FÁCIL SERIA A PACIFICAÇÃO!
COMO SINTO SAUDADE DO MEU TEMPO DE MENINA
EM QUE EU E TODOS OS MEUS AMIGUINHOS
DE INFANCIA PODÍAMOS BRINCAR DE VERDADE!

CORRER, PULAR CORDA, NADAR NO RIO, IR AQUI E ALI,
SEM MEDOS E SEM VER SEQUER QUAISQUER
DAS BARBARIDADES QUE VEMOS HOJE!
NOSSA! PRA QUE SERVEM OS MEIOS DE COMUNICAÇÕES?!
PRA QUE SERVEM TANTAS ALTAS TECNOLOGIAS,
TANTAS COISAS PARA "FACILITAR A VIDA" ?!
NÃO VEJO NADA FACILITADO!

NÃO VEJO NADA QUE EU POSSA DIZER
QUE A MIM SERVE PARA EU, EU AQUI,
ACHAR QUE É PROGRESSO?!
NÃO SE CONVERSA MAIS AO VIVO E A CORES!
NÃO TENHO COM QUEM RIR DE VERDADE
POR TER FELICIDADE, POIS A MINHA FELICIDADE
FERE, MACHUCA, AGRIDE?! SIM! AGRIDE!!!

AGRIDE AO QUE ESTÁ SEMPRE AFLITO,
SEMPRE CORRENDO, SEMPRE AGITADO
POR FALTA DE TEMPO,  FALTA TEMPO ATÉ
PARA SE OLHAREM  NO ESPELHO E SE VEREM!
E QUANDO O FAZEM O QUE VEEM?
NADA, NÃO DÁ TEMPO,
QUE VIDA ESTRESSADA!

Ivone H Sato.

11 comentários:

  1. Realmente vivemos um tempo de contradições... muita tecnologia e pouca consciência.

    intepz,

    jopz

    ResponderExcluir
  2. Texto super verdadeiro. Parabéns Ivone você expressou a verdade do dia-a-dia.

    http://alguemparaconversa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Enquadro-me com muita preocupação diante desse exposto em seu texto. Realmente vivemos um tempo rico em tecnologias e afastadíssimo em relacionamentos!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  4. Concordo querida Ivone, vivemos exatamente assim...

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Mais do que ser ternura
    É cativar corações e mentes.
    Mais do que ser luz,
    É colorir o universo de cores mil.
    Mais do que ser ponte
    É caminho seguro a seguir.
    Acima do bem e do mal
    Do que já houve
    Do que há
    E do que houver.
    É fonte de esperança
    É bênção insuperável
    Entre os seres, inigualável,
    De beleza extasiante
    Dando-se por inteiro
    Sem dia, hora, lugar
    É bela, é forte
    É fonte de amor
    É mulher.
    É mãe!
    Um feliz e abençoado Dia das mães.
    Tem um presente para você na postagem
    ofereço com muito carinho.
    Deus abençoe todas as mães do Mundo.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga
    Meu Abraço de Paz e bem!

    Mãe do céu da terra e do mar
    Por favor,
    Ensina-nos o teu segredo
    Do Teu Amor
    Para que não tenhamos medo
    De apreender Amar!
    Meu abraço carinhoso para você!

    Se você for mãe Feliz dia das Mães!

    Maria Alice

    ResponderExcluir
  7. feliz dia das mães e parabéns pelo post
    beijos
    perfeitadesordem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Amiga,está havendo um sorteio no Chá da tarde e a convido para ver se gostart participe,beijos de luz

    ResponderExcluir
  9. Ivone, excelente tuas colocações, PURA VERDADE! A felicidade parece que agride... Ser otimista, perseverante agride... Falar de amor é visto como ultrapassado...Sentir prazer em viver parece que agride! As pessoas se programaram para serem aflitas, insatisfeitas e estressadas, tanto que se tivermos passando por algum problema teremos o olhar atencioso até do porteiro do prédio, pois o mundo inteiro quer saber de "babado forte" (gíria usada para conceituar situação pessoal catastrófica), a felicidade não é pauta atraente, causa mal estar aos outros... O olho do ouvinte brilha quando relatamos desgraças, relatos de felicidade podem ser sempre resumidos porque são sempre cansativos. Mentes destorcidas, valores destorcidos... Lamentável! Mas minha amiga, nada conseguirá nos tirar do nosso eixo, vamos continuar reprogramando nossa mente para o melhor, nós gostamos de felicidade e de gente feliz, não é mesmo? Beijos

    ResponderExcluir
  10. Lu, é mesmo assim, que pena que é assim, é questão de cultura, todos se reúnem para ajudar o "pobre coitado" que não faz nada por si, mas se porventura ele "subir" na vida e não retribuir,ai dele!
    Portanto amiga se és feliz continue, nem ligue se nem queiram saber disso, ainda bem que encontramos sempre alguém que compartilha e tem afinidades, nós né amiga querida!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Meus amigos e visitantes, obrigada pela visita, se quiserem comentar ficarei muito feliz em ler, visitarei a cada um em forma de retribuição pela amizade que pra mim é fundamental, beijos e abraços apertados!

Ivone H Sato